segunda-feira, 2 de março de 2009

Adoeça se quiser

A

o receber este pensamento por e-mail, atribuído ao Dr. Drauzio Varella, achei muito interessante postá-lo aqui. Não sou o maior fã das 'auto-ajudas' recebidas por e-mail como correntes, mas esta tem um caráter diferenciado, então não pensei duas vezes antes de publicá-lo. Espero não estar sendo repetitivo, afinal na internet tu sabes: o que para um é novo, outro pode estar cansado de saber. Sem mais demora, aí vai:


Se não quiser adoecer - "Fale de seus sentimentos"

Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna.. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia..

Se não quiser adoecer - "Tome decisão"

A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

Se não quiser adoecer - "Busque soluções"

Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.

Se não quiser adoecer - "Não viva de aparências"

Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

Se não quiser adoecer - "Aceite-se"

A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

Se não quiser adoecer - "Confie"

Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.

Se não quiser adoecer - "Não viva SEMPRE triste!"

O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.

"O bom humor nos salva das mãos do doutor". Alegria é saúde e terapia.

* Como irremediável ateu não consigo não discordar da parte em que se fala de Deus, mas deixa pra lá, essa não é a hora para discussão, mas sim de reflexão.

6 comentários:

Lidi disse...

Boas dicas nesse e-mail...é bom parar pra pensar nessas coisas!!!
To com saudades amore...manda bjuss pra tua mae!!
te amoo bjaoo

Bia Mól disse...

achei esse texto ótimo! muito bom mesmo...uma pena que minhas alergias independem de estar sempre sorrindo..ahah..mas já é um começo. :)
beijos

i - Arte disse...

Esse texto, valeu ser postado por aqui. Ainda não tinha visto. Muito bonito e bom para refletir sobre as besteiras que nós insistimos e repetir todos os dias.

Seu blog tá cada vez mais legal! Sou fã! =D

E muito obrigada pela indicação! ;)

Grande abraço!

Caroline Mendes disse...

oii..
estou passando para dizer que indiquei seu blog a um selo =]
http://cantodoescritor.blogspot.com/

Vivian Sbrussi disse...

Eu tenho esse texto em algum lugar do meu blog!
Também gostei muito dele!!!

Dr Drauzio Varella foi ótimo na idéia que ele quis passar para nós... inverteu as coisas... hehheheh

=D

Déia♥ disse...

O post tem quase 1 ano e para mim é novidade :). É tudo muito óbvio, mas até o óbvio precisa ser efatizado as vezes.

Bjus♥