quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Um dia de cada vez

S

empre desconfiei desse tal de trabalho... sabia que ficar trabalhando horas e horas não ia dar boa coisa. E taí: trabalhar demais te deixa meio lesado.


Brincadeiras a parte, é mais ou menos por aí (salvo os devidos exageros) que vai o pensamento de um grupo de cientistas que publicaram um estudo no
The American Journal of Epidemiology. Segundo eles, trabalhar mais que 55 horas por semana pode diminuir suas "habilidades mentais", quando comparado com pessoas que trabalham menos que isso.

Problemas de memória foram encontrados nos chamados trabalhadores pesados. E isso pode mostrar aos empregadores que, sem dúvida alguma, não só o rendimento dos negócios pode cair devido ao cansaço dos funcionários, como também, a longo prazo, os danos aos trabalhadores podem ser definitivos (prejudicando o alcance incansável do lucro).

Ainda não se sabe como esse dano se processa no cérebro, mas os pesquisadores afirmam que os fatores-chave podem incluir aumento nos problemas relacionados ao sono e à depressão, além de criar um estilo de vida pouco saudável e haver um aumento do risco de aparecimento de doenças cardiovasculares.

Obviamente, o trabalho em excesso está e estará muito presente em casos como o que estamos vivendo: de recessão. Afinal, o número de empregados cai, e o trabalho recai aos poucos que restaram, que muitas vezes têm de agregar tarefas que originalmente não eram suas. Isso sem falar no trabalho extra que terão de cumprir quando os empregadores perceberem que poderão se sustentar com poucos funcionários, já que dificilmente as empresas reporão o antigo número de trabalhadores quando esta e outras crises terminarem.

5 comentários:

Bia Mól disse...

ahn...55 por semana...e quem trabalhar 36 em dois dias? o efeito deve ser o mesmo né? ou pior! ai meu deus..bem que eu me enti meio lerda..ahah
beijos

Lidi disse...

É infelizmente isso está no dia-a-dia dos brasileiros, cada vez mais as pessoas se obrigam a trabalhar em vários empregos pra poder sobreviver nesse mundo capitalista!
Amor teu blog está ótimo, parabéns
bjaooo

Felipe Santos disse...

É verdade, concordo com as palavras acima... Por isso que esses estudantes de medicina são meio pirados mesmo! hehehehe.

Abração e parabéns pelo blog meu velho!

Andreia Ferruginni disse...

É...a desigualdade social é a principal culpada por esse tipo de exploração,é aquela velha questão dos incluidos e excluidos,alguns tem tudo sem fazer nada e outros tem pouco fazendo muito.A vida está cada vez mais difícil e o cidadão se vê obrigado a trabalhar mais do que pode para conseguir um pouco do sustento da familia...o pior,as coisas não param por aí!
Nuno meu lindo o blog ta super cabeça!parabéns...beijos

Vivian Sbrussi disse...

Hummm...
tá aí um dos meus problemas!
ando trabalhando demaissssss e já faz tempinho!
Estou com um nível de stress altíssimo! insônia! Canseira, então, nem se fala!!! Isso sem falar nuns pares de quilinhos que andei ganhando! Tá louco!!! E eu pensei que quanto mais trabalhávamos mais ricos ficávamos! hehehhehehe mas acho que me enganei, porque parece que qto mais trabalho, mas longe a possibilidade de ficar rica!!! hehheheheheh