terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Humilhação

N

ão consigo achar outra palavra para descrever o principal sentimento gerado pelo trote do curso de Veterinária, em Leme, São Paulo.


É incrível como ainda existe permissão para este descontrole de um rito de passagem, que deveria ser uma comemoração, uma confraternização, e vira cenário de humilhação, bebedeira e até lesões corporais.

Não tenho dúvida de que estes atos de vandalismo só ocorrem porque não há punição adequada para os causadores da "brincadeira".

Desta vez, um aluno chegou a apresentar lesões no braço e nas costas causadas por golpes de chicote... isso mesmo: chicote! Isso sem falar do coma alcoólico gerado pela obrigação de beber cachaça e da sujeira baseada em fezes e animais mortos.

As atividades de alguns trotes extrapolaram os limites da amizade para a subjugação. Algumas turmas dão importância apenas ao fato de estarem à frente dos calouros, obrigando-os a fazerem todo tipo de atividade humilhante, esquecendo o real propósito do trote.

Claro que a punição diminuirá as aberrações que todos anos acontecem, mas as "cabeças pensantes" (ou melhor, que não pensam!) destes trotes violentos, continuarão a ter esta mentalidade que passa do patamar da infantilidade e chega à escala doentia.

Ainda bem que os chamados trotes solidários estão se espalhando pelo país, trocando a violência e a humilhação pela prestação de serviço à comunidade e à atividade cidadã.

Viva o trote consciente!

6 comentários:

Déia ☼ disse...

Nuno eu fiquei muito feliz pelo selo que ganhei, obrigada...recebo com muito carinho e amanhã o postarei...passei hoje aqui rapidinho pra te visitar!

Bjus♥

Vítor Torrez disse...

Muito bem falado, Nuno
Ridícula essa história de trote violento! Totalmente sem propósito!
Aquelas mesmas pessoas que você está humilhando hoje, vão ser seus colegas de faculdade no dia seguinte! Não tem motivo para fazer algo desse jeito.

Belo post

Abraços,
Vítor Torrez
http://insanoraciocinio.blogspot.com/

Wagner L. Moreno disse...

essa atitude (trote) é ridicula, deprimente. tem que ter puniçaõ severa... chega de trote de qq tipo!

http://infocasa.blogspot.com

Bia Mól disse...

um absurdo, não é? ah, não aguento...eu já acho aquele trote de pedir dinheiro pra chopada de veteranos idiota. imagina esse? só sou a favor do solidário...seja doar sangue, comida, enfim...pegar o dinheiro e fazer uma coisa boa. e não sair gastando em cerveja...ou humilhando calouros.

tem tanta coisa errada que não sei nem por onde começar...a faculdade já começa formando um bando de imbecil. pra mim esses caras são isso mesmo...imbecis. ponto.

mudando de assunto...fiquei muito feliz pelo seu comentário lá no meu blog. e pela indicação do selo, claro. =] agradeço mesmo..por essas e outras que continuo a escrever...ainda mais sobre o "ninho de vespas que é a política", como você mesmo disse. ahah

beijos!

Caroline disse...

Concordo com você. Isso passa a se tornar doentio! Nem tenho palavras para descrever o que senti quando li sobre esse absurdo!

**Daya** disse...

Afff que absurdo isso,as pessoas cada dia perdem mais a noção das coisas,bem eu nunca fui a favor desses trotes mesmo, agora então tá longe de eu achar alguma graça nisso, as pessoas se aproveitam das situações, e ainda tem a coragem de falar depois,Ah era só uma brincadeira,brincadeira também tem limites.Deveriam começar a tomar providências mais adequadas nesses tipos de casos, tudo deve ter um limite,e coisas assim estão longe de ser uma simples festa ou brincadeira de trote.