quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Honestidade ainda vale a pena?

I

nacreditável!... depois desta notícia, divulgada pelo Jornal Nacional de hoje, tive que correr ao computador e postar: uma mulher de 55 anos, catadora de materiais recicláveis, encontrou nesta quarta-feira (11) pacotes no lixo com cerca de R$ 40 mil. A quantia foi achada no lixo de um supermercado de Penápolis, a 479 km de São Paulo. Ela devolveu o dinheiro ao dono do estabelecimento comercial, que calculou a quantia de dinheiro que havia nas sacolas. A mulher recebeu R$ 200 como recompensa.

Lourença Palma da Cunha, que trabalha há vários anos como catadora, encontrou no lixo sacolas que ela pensava conter material reciclável. Quando chegou em casa para separar o material, se espantou ao ver tantas notas de R$ 50, além de vários cheques pré-datados e até dólares.

Lourença disse que achou que o dinheiro fosse de mentira. Mas, quando descobriu que o dinheiro era real, se lembrou de onde havia retirado as sacolas, voltou para o supermercado e devolveu toda a quantia. Segundo o dono do supermercado, uma funcionária fez uma limpeza e acabou jogando as sacolas de dinheiro no lixo. O dinheiro estava em sacolas, pois supermercado havia sofrido um assalto há pouco tempo e, então, o dinheiro ainda não havia sido posto no cofre.

A mulher sustenta a família com a coleta de materiais recicláveis. Ela ganha cerca de R$ 200 por mês. A catadora mora em uma casa de cinco cômodos com o marido, dois filhos e quatro netos. Há cinco anos, Lourença é voluntária no Fundo Social de Solidariedade de Penápolis.

Dá pra acreditar? O mínimo que o supermercado deveria ter feito é disponibilizar uma cesta básica mensal para a catadora, como gratidão pela boa índole (boa não, ótima!) desta senhora que trabalha duro e passa tantas dificuldades para sustentar a família e ainda tem tempo para pensar no bem-estar dos outros.

Claro que não quero que as pessoas ajudem esperando, pura e simplesmente, uma recompensa, mas é muita mesquinhez tratar um caso destes com tanta leviandade, ainda mais em se tratando de uma pessoa reconhecidamente pobre, trabalhadora e honesta. Duzentos reais! Parece até piada... imagino a cara de quem teve de dar ínfimo valor à catadora: de vergonha ou de deboche, não consigo imaginar outra.

Estou indignado! Como o dono do supermercado pode ver a reportagem e reparar na inocente felicidade de Lourença sem ter remorço de humilhá-la assim!
Considero este ato (a recompensa) como uma humilhação e ponto final!

5 comentários:

**Daya** disse...

Nossa tá vendo como existem pessoas boas ainda,honesta e é pobre,sempre associam pobreza com sinonimo de desonestidade,ai tá uma prova do contrário,poxa só fiquei triste pela recompensa que ela ganhou,hoje seriam poucas pessoas que fariam o mesmo como essa senhora ainda mais pela quantia que ela achou,poxa não se deve fazer nada apenas pra esperar recompensa,mas sacanagem que fizeram com ela,ela merecia muito mais por ter sido boa e ao mesmo tempo honesta de devolver o dinheiro todinho sem um centavo a menos.

Poxa muito legal teu blog viu,vi vc no blog da Déia, - Idéias Livres, e resolvi dar uma espiadinha rs,gostei bastante,parabéns,sempre que eu puder voltarei aqui pra acompanhar.

Daya.

Déia ☼ disse...

Me senti da mesma forma Nuno, revoltada! Quando assisti a reportagem, pensei..."ela acabou de ganhar um emprego"...pura ilusão. Lamentável a atitude do dono deste supermercado, e digo mais, com certeza muitos se sentiram assim.

Conversando sobre isso com amigas, elas levataram uma questão que me fez pensar...ele (o dono do supermercado) tem que apartir de agora, tomar bastante cuidado quanto a assaltos, vendo-se que seu estabalecimento já sofre um, é capaz de surgirem outros devido a revolta de sua atitude tão mesquinha para com esta senhora.


Bjus♥

Tatá...;) disse...

enfim..pelo menos ela fez aparte dela ..fez o que é certo..!
é uma pessoa com carater e isso que importa...infelizmente não a recompensaram bem...mas ela ganhou muito mais do que dinheiro, mostrou ser uma pessoa de bem. :D

bjus
http://taynalu.blogspot.com/

Emerson Reis, M.D disse...

Ah, vamos ver pelo lado bom, que maravilha ela ser honesta, talvez nem aceitasse mais que isso. Além do mais ela salvou o emprego da gerente que colocou inadvertidamente as sacolas no lixo. E o dinheiro só estava em sacolas porque o supermercado vinha sendo assaltado constantemente, daí para não fechar as portas o dono estava improvisando assim... Parabéns pelo blog, pode me visitar em www.mersonreis.blogspot.com

**Daya** disse...

Oie,tenho um selo pra vc no meu Blog Ataques de Fúria ,passe por lá quando vc puder,pra pegar ok?

Daya.