sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Pequenas grandes mentes

H

á poucos dias vi uma propaganda na televisão, do PMDB, envolvendo crianças, as quais falavam pontos positivos do partido ou algo do tipo. Isso trouxe à tona em minha mente uma discussão que há tempos penso em expor aqui no blog: a colocação de crianças em comerciais ou campanhas que elas não tem a maturidade de presenciar (e questionar). E não me refiro ao entendimento, por parte da criança, do que é necessário ao bem estar de uma população (que muito é abordado em propagandas de partidos políticos), mas sim, da imaturidade do (muito) jovem para julgar se aquele "produto a ser vendido" (seja uma empresa ou um partido) tem realmente todos os benefícios que são passados pelo comercial.

O mesmo problema ocorre quando se colocam crianças a pregarem idéias religiosas às pessoas ao redor, afinal não tem fundamento (nem noção) usar crianças para difundir idéias as quais elas não têm a capacidade de refletir sobre sua veracidade, isto é, é no mínimo impróprio fazer uso de crianças para expressar idéias ou crenças previamente selecionadas pelos adultos.

Infelizmente vejo que isso está se tornando uma prática comum... o que, aliás, nada mais é do que um reflexo do que eu costumo chamar "efeito malisa", uma alusão ao encanto que os adultos estão demonstrando à dita esperteza das crianças de hoje - iniciado pela mini-apresentadora Maísa, que segundo o CQC não é uma criança e sim um anão - o que pra mim não passam de crianças "salientes", exibidas e diria até precoces, que têm atitudes e comentários incompatíveis com a idade, mas de uma forma camuflada pela tão adorada "super-esperteza" das crianças atuais.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Um passo a frente

F

inalmente o bom senso está começando a ser levado a sério. Foi publicado dia 28 de novembro na cidade de Pelotas/RS, a tão debatida "Lei Antifumo", a ser aplicada a partir desta data em todo o município.

A lei nº5636 se refere ao uso de produtos ditos fumígenos em ambientes de uso coletivo. Embora a lei não entre no mérito das punições, como multas, isto já um progresso no sentido da preservação da saúde, afinal não é apenas a liberdade de cada cidadão que está em jogo (o que tenderia contra a lei), mas sim a conscientização, de uma vez por todas, da influência das atitudes do cidadão em sua comunidade.

A saúde é um direito de todos e o respeito ao outro, um dever!

Na imagem ao lado está a lei na íntegra, publicada no jornal Diário da Manhã, um meio de comunicação local.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

XXXX Foi um sucesso XXXX

C

omo o previsto, a Festa do X (anunciada no post anterior) foi um grande sucesso. Bandas de qualidade, som da mais alta potência, ótimo acesso aos bares, casa lotada... enfim, atendeu às expectativas de todos que estiveram por lá.
Churras de altíssima qualidade, bebida de todo tipo que não acabava mais, apresentações espetaculares (impossível não lembrar da Sugar Lips, que incendiou a festa enquanto só estavam os alunos e seus amigos), tudo contribuiu para o sucesso dessa tradicional festa da zona sul.

Assim, quero agradecer a todos que compareceram ao melhor Décimo de todos os tempos! Parabéns à nossa turma e, em especial, à comissão organizadora, da qual orgulhosamente fiz parte.Festa do X Med Magic... simplesmente inesquecível!

domingo, 8 de novembro de 2009

Festa do X

E

m virtude da importância que essa festa tem para os alunos da Faculdade de Medicina da UFPel, eu não poderia deixar de dedicar um post a uma "propagandinha"... é para anunciar a Festa do X (festa do décimo)! E desta vez sob organização da MedMagic, a turma da qual faço parte.

Essa festa tradicional acontece sempre que uma turma está terminando o nono semestre, quando serão direcionados aos estágios no um ano e meio que resta de faculdade... é a grande celebração de todos, pois normalmente boa parte da turma se dirige à capital, Porto Alegre, se reencontrando definitivamente apenas na formatura.

Por tudo isso, essa festa merece toda divulgação possível e a dedicação que as turmas demandam para sua organização. Abaixo vai o pôster da festa, que mostra as atrações presentes. O problema vai ser beber com moderação...
Quem puder, compareça... não vão se arrepender, afinal essa é a MAIOR E MELHOR festa da zona sul do Rio Grande do Sul.
Maiores informações no site da festa!

sábado, 7 de novembro de 2009

Paracetamol afeta vacinação

D

ar paracetamol profilaticamente à crianças antes ou depois de vaciná-las pode diminuir a eficácia da imunização, pelo menos é o que concluiram pesquisadores tchecos, liderados pelo professor Roman Prymula.

Este antitérmico é usado muitas vezes de modo a prevenir uma possível febre gerada após a administração da vacina, o que é de relativamente comum. No entanto, a droga é às vezes administrada em virtude do medo dos pais em seus filhos desenvolverem a febre. Este uso antes ou depois da vacina não deve ser encorajado, pois os riscos podem ser maiores que os benefícios.

As vacinas testadas incluem: contra pneumococos, Haemophilus influenzae tipo B, difteria, tétano, hepatite B, poliomielite e rotavírus.

Ainda não se sabe porque a administração de paracetamol profilático diminuiu os níveis de anticorpos nas crianças vacinadas, mas estes achados servem para mostrar que toda atitude no que tange o uso de remédios deve ser bem pensada e fundamentada, isto é, o "empírico" não nem sempre prevalece; e diz também que, a princípio, esse tipo de febre (gerada por vacinações) deve ser tratada, mas não prevenida.. pelo menos não com paracetamol (até prova em contrário!).

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Câncer com "transmissão vertical"

D

e acordo com um estudo publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences, há casos, embora raros, de tranferência de células cancerígenas da mãe para o feto.

Teoricamente, o sistema imune fetal identificam e destroem as células do câncer assim que elas cruzam a placenta. No entanto há 17 relatos de caso mostrando que estas células acabaram se tornando "invisíveis" às células de defesa fetais. Os cânceres mais envolvidos nessa situação são a leucemia (tumor de células sanguíneas) e o melanoma (câncer de células de pigmento da pele).

O problema de defesa, a princípio, estaria na ausência de um sinalizador molecular, nas células cancerígenas, que faria com que o sistema imune do feto não as reconhece como perigosas, não mobilizando assim defesa contra elas.

Mas o professor Mel Greaves, do Instituto de Pesquisa da Câncer da Inglaterra diz que se deve enfatizar que essa tranferência de células do câncer é um fato estremamente raro e que a chancede qualquer mulher grávida com câncer passar tais células para o feto é remota.

Infelizmente, parece que este tipo de doença tão temida por todos está encontrando outra forma de se perpetuar. É esperar e ver como os pesquisadores irão desenvolver os métodos para barrar a tranferência desse tipo de célula ou para fazer com que ela seja reconhecida pela imunidade fetal.

sábado, 10 de outubro de 2009

Mulher faz bem à saude!

U

m estudo sueco sugere que uma mulher bem-educada influencia positivamente não apenas a si mesma como seu companheiro, no que diz respeito a chances de uma vida longa.


Um homem cuja parceira teve apenas educação básica tem 25% a mais de chance de morrer cedo se comparado com esposas que completaram a universidade.

Segundo os autores do estudo, a explicação para o fato observado seria que as mulheres educadas estariam mais aptas a perceber e entender as necessidades de saúde de sua família, tanto fazendo com que seus parceiros deem mais atenção a sua própria saúde como introduzindo hábitos saudáveis na rotina familiar.

Os achados, publicados no Journal of Epidemiology and Community Healthcare, são baseados em pessoas que estão na faixa etária entre 30 e 59 anos e indicam ainda que a educação e o status social das mulheres afetam as "chances de vida" dos homens mais que as educação deles próprios.

Como era de se esperar, a educação feminina afeta sua própria mortalidade, apresentando 53% menos chance de morte precoce comparando-se as mulheres com ensino superior e as com educação básica. E claro, a escolha do parceiro também é influenciada pelo nível de educação da mulher.

Bem, mesmo não mostrando grandes novidades, o estudo renova o pensamento que a melhoria da qualidade de vida sempre passa pela educação!... já que a história de que mulher faz bem à saúde... bem, isso eu já sabia!

Fonte
BBC News

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Alienação às avessas

U

ltimamente tenho me deparado muito com situações em que são discutidas coisas do tipo: alienação e submissão dos brasileiros perante o que provém do estrangeiro, dominação norte-americana... entre outras. No entanto, de tanto refletir a respeito, estou percebendo uma nuance muitas vezes esquecida nesse prisma de idéias "esquerdistas": ao termos pensamentos simplistas comos esses que acabei de citar estamos incorrendo no mesmo erro o qual tanto se tem aversão: a alienação.

Infelizmente, muitos autodenominados esquerdistas, ou melhor, críticos, acabam esquecendo que alienação não é apenas o rótulo de "ser de situação ou pensar como tal", mas sim, corresponde, segundo o próprio dicionário, a afastamento, alucinação, desvio... Ou seja, é possível haver alienação tanto para quem se considera de direita como para os ditos oposicionistas.

Reconhecidamente acredito nos ideiais comunistas, mas digo isso pois atentei para o fato de que se criou uma aura no sentido da necessidade de, para se poder falar com autoridade determinadas questões políticas, serem lidos determinados livros julgados "cultos", como se uma opinião sobre um sistema de governo só pudesse ser formada com embasamento teórico para tal, desvalorizando-se totalmente a experiência que se sente na carne, no dia-a-dia.

Obviamente não se pode criticar um sistema político e/ou social sem conhecê-lo, mas daí pensar que a aplicação e as consequências de tal sistema não podem ficar sobre o crivo da crítica só porque muitos não conhecem o que foi dito na idéia original (no livro), aí já é pensar de forma extremista e intransigente, afinal o que pode ser julgado hoje é tão somente a forma de aplicação da idéia e não a idéia em si.

Pra não ficar tão filosófico e incompreensível, dou um exemplo: a pouco tive uma conversa sobre a exposição da cultura através do idioma. Bem, até aí sem problemas. Porém, como era de se prever, sempre há alguém "politizado" para dizer: somos tão dominados pelos "americanos" que hoje só falamos download e upgrade, sendo assim subjugados também através da linguagem.
Por favor! Me poupe! É ser simplista e bitolado demais pensar que atualmente um povo é subjugado através da linguagem! Afinal, o que se adota das outras línguas nada mais é do que um crescimento cultural e não um declínio, tanto que o português não passa de uma variação do latim, isto é, as línguas evoluem... ou tu já ouvistes alguém falando em latim por aí, além de padre em missa???

Bem, desejo apenas mostrar com este post (ou melhor, postagem... para não ceder ao domínio do inglês norte-americano! heheh) que devemos parar um pouco e pensar no que realmente acreditamos e defendemos, e o porquê. Afinal, é muito bonito falar em "norte dominador", mas nos esquecemos que essa subjugação só ocorre para quem é apegado a teorias obsoletas, que não é aberto à opinião dos que não leram os conhecidos livros-chave, ou seja, ficou estacionado num passado longínquo de frases-feitas e pré-conceitos, não sabendo adaptar-se ao que vem de fora.

Enfim, será que a dominação, no caso da informática por exemplo, vem da linguaguem que temos que usar, ou vem da tecnologia que importamos e temos preguiça de fazer uma melhor? Afinal, nada mais natural do que o inventor impor suas vontades sobre os usuários, não?!
Bem, sem mais delongas, apenas quero comentar sobre esta onda demagógica que se criou, onde é bonito falar em dominação dos ricos sobre os pobres (o que obviamente existe), mas há o esquecimento de que atualmente tudo é partilhado, desde uma simples palavra até a tecnologia criada em qualquer parte do mundo, então o que devemos, para não sermos "dominados", é deixar de falar... é preciso sair de trás dos livros empoeirados e ir à luta, porque a inteligência não está em refutar o que vem de fora, mas sim saber adaptar e criar o que falta, sem demagogia.

domingo, 16 de agosto de 2009

Excesso de contingente desobriga serviço militar

N

o dia 29 de julho foi publicado, no site do Superior Tribunal de Justiça (STJ), uma decisão referente à prestação de serviço militar obrigatório para os profissionais da área de saúde. Esta nota se refere ao processo Ag 1125757 e encontra-se na íntegra, assim como publicado no site original (link em "Fonte") devido à importância do assunto e à necessidade de torná-lo público.

É indevida uma nova convocação de profissionais da área de saúde que tenham sido dispensados do serviço militar por excesso de contingente. Com esse entendimento, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou provimento ao agravo regimental (tipo de recurso) da União contra o médico A.F., do estado do Rio Grande do Sul.

A União tentava obter na Justiça o direito de convocar estudantes de nível superior dispensados do serviço militar obrigatório. Para tanto, alegava haver violação do artigo 4º da Lei n. 5.292/67, que dispõe sobre a prestação do serviço militar pelos estudantes de Medicina, Farmácia, Odontologia e Veterinária e pelos profissionais das mesmas áreas de atuação. De acordo com o referido artigo, os graduandos que tenham obtido adiamento da incorporação até o término do respectivo curso estão obrigados a prestar o serviço militar no ano seguinte ao da conclusão do curso.

Para o ministro Arnaldo Esteves Lima, relator do processo, as alegações da União não podem ser acolhidas porque já existem precedentes do Tribunal em sentido contrário: “como o estudante de medicina foi dispensado do serviço militar por excesso de contingente, incabível a sua convocação após cerca de oito anos da dispensa. No mérito, é firme o entendimento do STJ sobre a impossibilidade de uma nova convocação de profissionais da área de saúde nestes casos”, concluiu.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Dízimo lucrativo

D

iferentemente da palhaçada que ocorreu aqui, a Justiça de São Paulo aceitou uma denúncia feita pelo Ministério Público (MP). Desta vez contra o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, e outras nove pessoas por suposta formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Conforme o MP, a denúncia, apresentada no dia 5 de agosto, é resultado de investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Segundo o Ministério Público, para adquirir empresas de comunicação e outros bens, o grupo usava dinheiro doado por fiéis da Igreja Universal. O dinheiro, de acordo com o MP, era enviado ao exterior e voltava ao Brasil por meio de empresas de fachada.

Os denunciados são: Edir Macedo, Alba Maria da Costa, Edilson da Conceição Gonzales, Honorilton Gonçalves da Costa, Jerônimo Alves Ferreira, João Batista Ramos da Silva, João Luís Dutra Leite, Maurício Albuquerque e Silva, Osvaldo Scriorilli e Veríssimo de Jesus.


Segundo comunicado divulgado pelo Ministério Público, "para os promotores, ficou comprovado que o dinheiro das doações, em vez de ser utilizado para a manutenção dos cultos, era desviado para atender a interesses particulares dos denunciados".

A movimentação de dinheiro pelas duas empresas em questão, em 2004 e 2005, de acordo com o MP, chegou a mais de R$ 71 milhões, relatando ainda que este esquema tem pelo menos 10 anos de duração. Detalhe: cerca de R$ 1,4 bilhão/ano é o valor recebido pela igreja em forma de doação. Desculpe-me, mas eta povo ignorante! Mais na cara impossível... só se o próprio bispo disser em um culto que está desviando dinheiro (e mesmo assim corremos o risco de os fiéis acharem que ele estava citando um trecho da bíblia, e não revelando sua conduta...).

É o verdadeiro abuso da ignorância, beneficiar-se com a ingenuidade e desconhecimento do outro. E será que estes pastores e afins são muito diferentes dos pregadores lá nos primórdios das religiões?...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Pondo a pizza no forno

M

eu medo está se confirmando... o povo vai ter que engolir mais uma pizza, e de sabor bem amargo. Esses pizzaiolos políticos nunca vão ter medo de uma punição realmente merecida, especialmente enquanto a justiça acomodada permitir a feitura e entrega da "pizza" para os cidadãos.

A juíza federal de Santa Maria, Simone Barbisan Fortes (ao lado), decidiu nesta segunda-feira não aceitar o pedido de afastamento da governadora Yeda Crusius. Segundo a magistrada, NÃO HAVIA ELEMENTOS SUFICIENTES na ação do Ministério Público Federal (MPF) de improbidade administrativa contra Yeda e mais oito pessoas. Só imagino o que ela acha suficiente... vai ver ela precisa de uma foto com a governadora e seus comparsas batendo carteira no centro da cidade!

O advogado Fábio Medina Osório reafirmou a convicção na inocência de Yeda. Além disso, ele aguarda a decisão da Justiça para que a governadora seja excluída do processo... ou seja, além de não haver punição ainda tem a possibilidade de ela sair como vítima. É só o que faltava!

Com uns comandantes da justiça desse tipo, sem sede de justiça nem ousadia de enfrentar os corruptos, fica difícil acreditar que a lenta justiça chegue a funcionar um dia.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Videoclipe: Strawberry Swing

A

lém de excelente música, um videoclipe genial: Strawberry Swing, da banda Coldplay. Assisti ontem este vídeo e não pude evitar de postá-lo aqui. Infelizmente não pude reproduzi-lo no blog, pois o video com melhor qualidade de imagem foi postado justamente pela produtora EMI, que privou a reprodução fora do You Tube. Mas isso não é um problema tão grande assim: é só clicar na imagem abaixo, que é a capa do single, para ser redirecionado à página do site You Tube com o vídeo em questão (dica: aproveite a qualidade da imagem e assista em tela cheia... vale muito a pena!).

Abaixo está a letra da música, que completa o trio perfeito que compõe essa canção: musicalidade, poesia e arte visual! (que para quem gosta de Coldplay como eu, já sabe que esses requisitos estão presentes em todas as suas produções). Aproveitem!

Strawberry Swing
Coldplay

They were sitting
They were sitting on the strawberry swing
Every moment was so precious

They were sitting
They were talking under strawberry swing
Everybody was for fighting
Wouldn't want to waste a thing

Cold cold water bring me round
Now my feet won't touch the ground
Cold cold water what you say?
When it's such, it's such a perfect day
Such a perfect day

I remember We were walking up to strawberry swing
I can't wait until the morning
Wouldn't want to change a thing

People moving all the time
Inside a perfectly straight line
Don't you wanna just curve away
When it's such, it's such a perfect day
It's such a perfect day

Ah...
Now the sky could be blue I don't mind
Without you it's a waste of time
Could be blue I don’t mind
Without you it’s a waste of time
Now the sky could be blue could be grey
Without you I’m just miles away
Oh the sky could be blue I don't mind
Without you it’s a waste of time

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pegando o gato no pulo

U

nha de gato, pelo de galo, olho de gato e mia?.... deve ser gato! É mais ou menos assim que está a situação da governadora do RS, Yeda Crusius.

Agora a pouco o Ministério Público Federal pediu o afastamento do cargo de Yeda, por uma ação de improbidade administrativa. Há outros envolvidos no caso, a citar: o professor Carlos Crusius, os deputados José Otávio Germa
no, Luiz Fernando Záchia, Frederico Antunes, o ex-secretário Delson Martini, a assessora da governadora Walna Vilarins Meneses, o diretor do Banrisul Rubens Bordini e o presidente do Tribunal de Contas do Estado, João Luiz Vargas.

Com milhares de páginas no documentos e baseado em outros tantos milhares de ligações o MPF pede o a perda do cargo dos citados, com suspensão dos direitos políticos por 8 a 10 anos, pagamento de multa, ressarcimento dos recursos provalvelmente desviados e ainda a proibição de contratação pelo poder público estadual. PORÉM, conforme escrito na fonte, NÃO LEVARÁ OS RÉUS A RESPONDER CRIMINALMENTE PELOS FATOS. Ou seja, se tudo, mas tudo mesmo, der certo (pra nós) eles nem presos serão. Deve ser esta maldita imunidade política, ou coisa que o valha.

Fica agora nas maõs da juíza federal da cidade de Santa Maria, no centro do estado, a senhora Maria Simone Barbisan Fortes tomar a decisão final. Só não espero sentir um cheirinho de comida: de PIZZA!

sábado, 18 de julho de 2009

Refletindo desde cedo

N

o mínimo interessante esta idéia que descobri agora existir no Reino Unido: o Camp Quest, um clássico acampamento de férias, mas com um diferencial: o cunho reflexivo de suas atividades.

Com a ajuda de ninguém menos que Richard Dawkins, conhecido biólogo, cientista e escritor, ferrenho defensor do ateísmo (escreveu Deus: um delírio e O Relojoeiro Cego), esta opção para o verão inglês, nada ortodoxa, existe desde 1996, também nos EUA e Canadá.

Este camping não é destinado a doutrinar as crianças às teorias do ateísmo, mas sim, estimular-lhes o pensamento, como afirma Samantha Stein, diretora do local. Afinal, é justamente isto que mais devemos cultivar: a criação de seres pensantes, críticos, que não apenas recebem uma informação como também sabem interpretá-la e discernir o que é verdade e o que não é.

Há inclusive um jogo chamado Invisible Unicorn Challenge, no qual as crianças ouvem uma história que diz que unicórnios vivem na área ao redor de suas tendas, sendo então estimuladas a provar que unicórnios não existem: o objetivo é ilustrar a dificuldade de se provar que algo não existe, traçando um paralelo à discussão religiosa, onde os ateus são sempre postos à prova, tendo que justificar a inexistência de algo criado pela mente dos religiosos (algo do tipo: eu acredito em tal coisa sem sentido, então prove que eu estou errado.. não deveria ser o oposto?!)

Clique aqui e ouça a reportagem original (áudio em inglês)

sábado, 11 de julho de 2009

Aquecendo as turbinas

V

ou aproveitar este espaço para divulgar as preparações pra Festa do X (festa do décimo), uma tradicinal festa em Pelotas - a maior e mais antiga - cujo nome foi dado em virtude da passagem, no atual décimo semestre da faculdade de medicina da UFPel, para a fase dos estágios. E agora, chegou a vez da minha turma organizar essa festa...

Mas como festa pouca é bobagem, sempre há tempo para o aquecimento: os Pré-X!!!

Neste sábado dia 11/07, então, acontecerá o primeiro pré-X, na famosa boate da Leiga, como é chamada a faculdade de medicina da federal. Muitas surpresas vão rolar durante essa balada!

Bem, agora vou lá pra rua divulgar a festa!
Abração!

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Quando o sucesso mata

A

nos se passaram e mais uma vida de sucesso foi ocultada... dessa vez essa vida pertencia a Michael Jackson.

Quem saberia como acabaria a vida daquele garoto talentoso dos Jackson 5?... Muitas pessoas, afinal essa história é velha conhecida de todos.

O que poderia explicar toda a mundança na vida desse mito? Várias coisas, a maioria especulações... Infelizmente o sucesso, especialmente se presente desde a juventude, tem seu preço.

Sem dúvida a trajetória de Michael representa a influência que o sucesso e o despreparo gera na vida de quem está em destaque. Habilidades ele tinha, ninguém duvida disso, afinal ele revolucionou a música, mas infelizmente não tinha o suporte para receber toda a pressão que uma estrela deve suportar.

Muito se disse sobre a vida do astro, desde agressões e abusos por parte de pai e padastro até a conhecida situação discriminada em que sua raça negra o punha; mas embora tudo isso possa explicar suas atitudes futuras, uma coisa é certa: ele não teve realmente a ajuda de que precisava. De viciado em analgésicos pesados, ele passou a suspeito de pedofilia e escravo da incessante vontade de mudar a aparência. Mas será que toda essa aura transtornada não tinha um fundo razoável? Quem pode imaginar o que a atenção e a curiosidade do mundo pode gerar num garoto com um enorme talento que fica em evidência desde cedo? E o papel dos pais: exploração da imagem, despraparo?

Enfim, é triste, e infelizmente previsível, ver que mais uma vida acaba sem a verdadeira homenagem que lhe deveria ter sido prestada: ajuda. Afinal, o que a mídia faz é enaltecer e evidenciar o presente, esquecendo todo o passado que poderia explicar o que está acontecendo. É difícil saber o que realmente aconteceu durante a criação da vida do astro, mas não tenho dúvida de que toda essa mudança tem explicação... e talvez nós nunca viremos a saber. Mas o que importa, acima de tudo, é que a música perde um revolucionário, e assim, fica mais sem graça e silenciosa.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Antes tarde do que nunca!

A

ssim como um post novo demorou para surgir aqui no blog, um comentário político realmente crítico também custou a aparecer nas sessões diárias de Lasier Martins no Jornal do Almoço.
Para quem não conhece, Lasier é comentarista no jornal gaúcho mais assistido: Jornal do Almoço, da RBSTV, afiliada da TV Globo (aí vocês já imaginam as tendências...).
Bem, este jornalista tem seu tempo de fala garantido diariamente, tendo assim grande influência nas opiniões dos gaúchos mais desavisados.
Mas como tudo na vida tem uma primeira vez, hoje ele resolveu acertar, e falar abertamente, quase sem papas na língua, sobre a pouca vergonha que acontece a anos na política brasileira. O caso em questão é a sucessividade de escândalos de corrupção no Senado Federal, com ênfase no nepotismo, velho conhecido nosso. E vítima mais visada foi Roseana Sarney (PMDB) e sua família, que metem a mão no dinheiro público há muito tempo!
Tentei colocar aqui um arquivo de áudio com o comentário do Lasier, mas como o meu conhecimento digital é limitado, posto a seguir o vídeo do quarto bloco do JA desta segunda-feira, onde ele faz seu acertado comentário. Até que enfim!
Ah, para não ser necessário ver o jornal inteiro, dou-lhes a dica: o comentário começa aos 3:38, durando 1 minuto e 35 segundos.
Vale a pena conferir, uma vez que não é todo dia que se vê uma crítica decente, ainda mais numa afiliada da Rede Globo! Afinal, dificilmente o raio cai duas vezes no mesmo lugar!



Peço desculpa a todos que acompanhavam o blog, mas só agora estou conseguindo me desvencilhar dos estudos e publicar posts relevantes!
Abraço

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Filme: Quem Quer Ser Um Milionário?

D

epois de um bom tempo fora do mundo dos blogs, faço uma postagem dedicada a um filme que vi semana passada no cinema (e olha que para ir ao cinema, embora eu goste muito, ultimamente tenho de ter quase certeza que o filme é bom!): o filme é Quem Quer Ser Um Milionário?.

A sinopse, retirada da internet, é mais ou menos assim: Jamal K. Malik (interpretado por Dev Patel) é um jovem que trabalha servindo chá em uma empresa de telemarketing. Sua infância foi difícil, tendo que fugir da miséria e violência para conseguir chegar ao emprego atual. Um dia ele se inscreve no popular programa de TV indiano "Quem Quer Ser um Milionário?". Inicialmente desacreditado, ele encontra em fatos de sua vida as respostas das perguntas feitas.

É o vencedor, neste ano, de 8 Oscar e 4 Globos de Ouro, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor.

É um filme fabuloso! Digno de todas as indicações e premiações que lhe foram concedidas... Ele mostra a realidade nua e crua da pobreza frente às poucas chances de ascensão que a vida dá a quem está numa situação degradante. Ilustra, através do protagonista e de seu irmão, os diferentes caminhos, conhecidos por todos nós, que podemos percorrer para ter uma vida melhor. Essa produção trabalha ainda com toda a esperança que os astros, destes programas que possibilitam o acesso rápido ao dinheiro, passam à população que se encontra na mesma penosa situação, povo este que deposita toda sua determinação e devoção nestas poucas pessoas que têm a chance de melhoras sua vida como nenhuma outra poderá. Isso sem falar na história de amor que permeia todo o filme... realmente uma produção fantástica!

O site oficial do filme fornece informações adicionais, além do excelente trailler do filme.
Sem dúvida este é um filme que DEVE ser visto, e na telona do cinema ele certamente terá um "sabor" todo especial.
Juntamente com o pôster, nesta postagem há algumas fotos das cenas do filme. Veja o filme e me conte o que achou.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

A arte de coçar

Q

ue esfregar a pele alivia a coceira, isso todo mundo sabe. O problema é como isso acontece fisiologicamente... E pensando em desvendar tal mistério, foi feito um estudo por cientistas da Universidade de Minnesota que foi publicado na Revista
Nature Neuroscience.

Pesquisas anteriores sugeriam que o chamado trato espinotalâmico, na medula espinhal, tinha um papel determinante, pois seus neurônios constituintes estavam mais ativos quando eram aplicadas substâncias pruriginosas na pele.

No último trabalho, desenvolvido em primatas, foi descoberto que estes mesmos neurônios são bloqueados no ato da coçada, impedindo que os impulsos da coceira cheguem ao cérebro.

Os pesquisadores envolvidos se mostraram estimulados pelo estudo, pois dentro de alguns anos, e com maiores conhecimentos no assunto, poder-se-ão desenvolver medicamentos efetivos para aliviar este sintoma, que quando crônico, afeta a qualidade de vida.

Há muitas doenças que cursam com prurido como SIDA, Herpes-zóster, Linfoma Hodgkin e problemas da vesícula biliar.

Ainda são necessários estudos complementares para determinar a causa exata do alívio que se tem quando se esfrega a pele pruriginosa, que segundo o livro Tratado de Fisiologia Médica, de Guyton & Hall, a chamada inibição lateral parece estar envolvida neste processo. A inibição lateral, também chamada de periférica, baseia-se no fato de que em uma mesma via (conjunto de neurônios com a mesma disposição - e muitas vezes as mesmas origens e destinos) quando um neurônio é ativado ele transmite um estímulo aos neurônios adjacentes, inibindo-os. Assim, o ato de coçar estimularia neurônios que inibiriam os neurônios adjacentes que traziam as informações pruriginosas, que então, não chegam ao cérebro, dando a (ótima) sensação de alívio.

Ao fazer buscas na internet acerca do tema encontrei este artigo: Coceira: incômodo ou alerta, publicado na Revista Mente & Cérebro, que traz maiores informações sobre o assunto de uma forma mais leve e menos técnica que os livros acadêmicos.

terça-feira, 31 de março de 2009

Falando nisso...

P

or acaso, após eu falar sobre o tema da Tuberculose recebi uma newsletter da organização Médicos Sem Front
eiras (MSF) falando sobre publicações feitas por eles acerca da doença. E justamente faço este post no momento em que leio o comentário do Emerson Reis, cujo blog sigo com muito prazer, que relata sobre a parte de humanização no tratamento desta doença.

Então, creio ser muito conveniente eu divulgar dois endereços de MSF destinados a mostrar a situação da TB no mundo.

Galeria de fotos
Mostra uma série de fotos baseadas no trabalho de MSF no mundo, combatendo a tuberculose.

Teste de TB que funcione
Site desenvolvido por MSF que mostra vários depoimentos de pacientes e familiares com a doença.

Bem, acho que este post veio, coincidentemente ou não, completar perfeitamente o anterior, mostrando a parte, digamos assim, afetiva da doença, que sem dúvida alguma deve complementar qualquer técnica de tratamento.

quarta-feira, 25 de março de 2009

Saiba mais: Tuberculose

D

epois de ler a notícia de que cresce a incidência de tuberculose no Brasil, lida na newsletter da Revista da Semana, resolvi pesquisar sites interessantes e informativos acerca da doença.

Segundo a revista, o país passou do 16º para o 17º lugar no ranking dos 22 países com maior registro de casos de tuberculose no mundo. Porém, o índice de casos aumentou de 39 para 48 por 100 mil habitantes, de acordo com o Relatório de Controle Global da Tuberculose 2009, lançado hoje pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no 3º Fórum Stop TB.

Então, achei conveniente colocar o conteúdo de um site confiável, e enxuto, para trazer as informações básicas sobre esta doença. A seguir, estão informações contidas no Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) - Dicas de Saúde: Tuberculose.

O que é Tuberculose?
Doença infecto-contagiosa causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões, mas, também pode ocorrer em outros órgãos do corpo, como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro).

Qual a causa?
Mycobacterium tuberculosis ou Bacilo de Koch (BK). Outras espécies de micobactérias também podem causar a tuberculose. São elas: Mycobacterium bovis, africanum e microti.

Quais os sintomas?
Alguns pacientes não exibem nenhum indício da doença, outros apresentam sintomas aparentemente simples que são ignorados durante alguns anos (ou meses). Contudo, na maioria dos infectados, os sinais e sintomas mais freqüentemente descritos são tosse seca contínua no início, depois com presença de secreção por mais de quatro semanas, transformando-se, na maioria das vezes, em uma tosse com pus ou sangue; cansaço excessivo; febre baixa geralmente à tarde; sudorese noturna; falta de apetite; palidez; emagrecimento acentuado; rouquidão; fraqueza; e prostração. Os casos graves apresentam dificuldade na respiração; eliminação de grande quantidade de sangue, colapso do pulmão e acumulo de pus na pleura (membrana que reveste o pulmão) - se houver comprometimento dessa membrana, pode ocorrer dor torácica.

Como se transmite?
A transmissão é direta, de pessoa a pessoa, portanto, a aglomeração de pessoas é o principal fator de transmissão. O doente expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotas de saliva que contêm o agente infeccioso e podem ser aspiradas por outro indivíduo contaminando-o. Má alimentação, falta de higiene, tabagismo, alcoolismo ou qualquer outro fator que gere baixa resistência orgânica, também favorece o estabelecimento da doença.

Como tratar?
O tratamento à base de antibióticos é 100% eficaz, no entanto, não pode haver abandono. A cura leva seis meses, mas muitas vezes o paciente não recebe o devido esclarecimento e acaba desistindo antes do tempo. Para evitar o abandono do tratamento é importante que o paciente seja acompanhado por equipes com médicos, enfermeiros, assistentes sociais e visitadores devidamente preparados.

Como se prevenir?
Para prevenir a doença é necessário imunizar as crianças com a vacina BCG. Crianças soropositivas ou recém-nascidas que apresentam sinais ou sintomas de Aids não devem receber a vacina. A prevenção inclui evitar aglomerações, especialmente em ambientes fechados, e não utilizar objetos de pessoas contaminadas.

Ah, nesta busca, descobri que com o início do tratamento os riscos de contágio diminuem, acentuadamente, em trinta a quarenta e cinco dias. Então, trabalhar não faz nenhum mal para quem está em tratamento de tuberculose. O repouso é muito importante no primeiro mês do tratamento. A partir do terceiro mês, a pessoa em tratamento já deverá estar em condições de voltar ao trabalho.

Como não tenho a intenção de aborrecê-los com material muito técnico, não reproduzi aqui conteúdo dirigido a profissionais de saúde, mas sim, às pessoas em geral. Assim, recomendo que todos leiam uma entrevista sobre a tuberculose no site UOL Boa Saúde - Conhecendo a Tuberculose, que aborda a doença de forma mais ampla e também desmascara diversos mitos acerca da doença. Para maiores detalhes, indico também o Manual Merck - Pacientes, Cap. 181 - Tuberculose.

domingo, 22 de março de 2009

Entenda o blog

B

em, resolvi criar esta postagem para estimular os blogueiros de plantão a usufruírem mais de cada blog, e neste caso, vou apresentar em maiores detalhes os itens que, na maioria das vezes, passam despercebidos do visitante.


Eles se situam na sidebar, assim como em qualquer blog. Então, darei uma breve explicação dos componentes, para que quem esteja visitando o blog possa conhecer o site como um todo e assim julgá-lo se é ou não de seu interesse.

QUEM FAZ O BLOG: obviamente, trata-se de mostrar este que vos escreve.

QUEM ACOMPANHA O BLOG: as pessoas que têm a insanidade aprovada, desde o momento em que resolveram seguir de perto este blog (brincadeira!... são pessoas pelas quais tenho muito carinho, afinal é por causa delas que o blog segue seu rumo).

LER SOBRE O QUÊ?: lista as categorias dos posts criados, isto é, serve de guia para o visitante, através do qual ele pode procurar um post conforme seu tema central.

PORTAL DE NOTÍCIAS: serve para fornecer informações de uma fonte conhecida, em constante atualização, afinal este blog tem baseamento forte nos fatos que ocorrem no mundo.

QUE DIA É HOJE?: uma forma diferente de nos situar no tempo.

SERÁ QUE CHOVE?: fornece a previsão do tempo para a cidade de Pelotas e às capitais da região sul do Brasil: Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba; isto no decorrer de quatro dias. Contém link externo para previsão mais detalhada.

VALE A PENA ACESSAR: contém sites que creio serem interessantes para se conhecer.

PARA LER,... VER... E OUVIR: informam os 4 últimos livros, filmes e músicas que gostei de ter, claro, lido, assistido e escutado! São atualizados frequentemente, contendo link para lojas que contém o produto ou para o site oficial (ou algum site que tenha maiores informações).

ARQUIVO: mostra uma lista de postagens por ordem cronológica... infelizmente este item quase todos os blog têm, mas por falta de tempo e por tantos outros fatores, acabamos não lendo o que já foi escrito... mas vale a pena dar uma olhada.

UTILIDADE PÚBLICA: mostra widgets voltados para questões sociais.

HOMENAGEM: destaca organizações, pessoas ou ações as quais admiro.

SELOS: mostram os selos recebidos e evidenciam quais foram seus doadores.

VISITANTE NÚMERO: auto-explicativo.

INSCREVER FEED: acompanhe o blog mesmo se não fores um blogueiro.

Enfim, acho que é isso... este não é um post interessante, mas creio que possa servir de estímulo a todos, para buscarem mais informações interessantes que se encontram escondidas num blog.

sábado, 21 de março de 2009

Filme: A Vida dos Outros

B

em galera, como não é costume aqui no blog eu fazer posts dedicados a alguma coisa que eu tenho feito ou algo do tipo (que aliás deve ser o propósito original do blog), sinto a necessidade de expressar agora esta nota, para informar que a partir de agora, além de matérias sobre saúde (que estão presente em maior número) e acerca de discussões sobre atualidades, começarei a postar coisas interessantes com as quais tive contato.

E para começar com esta "série", proponho a todos assistirem o filme "A Vida dos Outros". Produzido em 2006, foi ganhador do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Ele conta a história da censura imposta pelo governo socialista na então Berlim Oriental. O filme se passa nos anos 1980 e mostra um fiel agente do sistema de vigilância (Ulrich Mühe como Gerd Wiesler) encarregado em coletar evidências contra o dramaturgo Georg Dreyman (interpretado por Sebastian Koch), um dos suspeitos de atos contra o regime, tanto em seus atos quanto em suas obras.

O filme tem um suspense que, pelo menos a mim, fez-me prender na cadeira os 137 minutos da trama. Não há nada assustador, ou um ser de outro mundo, mas nos passa como real a pressão exercida pela sensura sobre os investigados.

Enfim, creio que valha a pena conferir.
Fica aí a dica! Bom filme!

Para maiores informações, clique no pôster do filme para ser redirecionado ao site do filme (em inglês), mas indico-lhes também o site Adorocinema.com.

domingo, 15 de março de 2009

Religião se discute!

A

o comentar no blog da Bia, Política Chique, acabou ressurgindo minha vontade de discutir um tema espinhoso: a religião. Sei que muitos são daquela opinião de que futebol, religião e política são coisas indiscutíveis... mas para mim, isso não é bem assim.

Acredito que fatos como o aborto da menina de 9 anos, que gerou excomunhão de n pessoas, poderia servir de motivo para as pessoas repensarem suas convicções. Não pretendo converter ninguém para um pensamento semelhante ao meu, mas estou apenas suprindo uma vontade que é a origem deste blog: expor ideias (agora sem acento!).

Como postei no supracitado blog, fico indignado com o ensino de religião (no caso, católica) em escolas ditas de um estado laico. Não discuto aqui nenhuma corrente religiosa em especial, até porque tenho minhas discordâncias com a base de todas elas: o tal "deus". Não quero ser entendido aqui como alguém que está ridicularizando a fé das pessoas, apenas quero mostrar que falta discussão acerca dessa crença.

Como vivemos em um país com declarada liberdade de expressão, vejo, contraditoriamente, muita imposição da fé sobre todos, o que torna as pessoas incapazes de pensar se realmente acreditam naquilo que está sendo dito. Serei mais claro: ao nascermos já há na sociedade (e dentro do próprio lar) uma tendência religiosa ou um jeito de se acreditar num ser superior, e obviamente isso é passado ao filho (ou filha, como quiser). Quer um exemplo disto? Veja os pais levando crianças para as igrejas e ensinando-lhes ditos que nem mesmo os mais velhos sabem o querem dizer (querem mais autoritarismo do que impor um pensamento a crianças, que nem têm o conhecimento necessário pra julgar o que é ensinado?). No entanto, os pais se consideram liberais no momento em que se dispõem a aceitar qualquer linha religiosa que o filho venha a tomar, mas se esquecem de que não deram a chance de ele pensar na possibilidade de nem sequer acreditar em deus. Então, creio que desde o nascimento, sofremos uma limitação do conhecimento (e da liberdade), afinal, na questão religiosa, deveríamos partir de uma etapa anterior da qual normalmente partimos, isto é, se somos ensinados que existe um deus e que a escolha da religião fica por nossa conta, seria necessário que o nosso "banco de dados" começasse a processar as informações um estágio antes: questionando a crença que está na família (resumindo, questionando a existência de deus).

É por isso que a fé se tornou algo "indiscutível", as pessoas são criadas com a mentalidade dos seus geradores e de sua sociedade: de que deus existe e ponto final. Por isso é tão difícil achar um ateu declarado, já que o ateu só vira ateu depois de ter a liberdade e a consciência de se perguntar "Espere aí! Porque eu acredito em deus? Só porque me falaram que isso é verdade?". Nesse momento vejo que concordo com Richard Dawkins quando ele diz que a fé e a ciência não podem coexistir: claro, se a pessoa realmente for racional e acreditar em evidências (o que prega a ciência) dificilmente acreditará em algo que nunca se vê e não há provas de sua existência e influência.

Finalmente, acredito que a fé é um meio pelo qual as pessoas encontram uma certa segurança, pois todos temos medo do que não conhecemos (ou do que não podemos controlar conscientemente), de não termos um propósito para viver ou mesmo de não acharmos uma saída para algum problema. Afinal, não é a toa que o que as pessoas mais pedem em uma oração é esperança para enfrentar alguma adversidade. E não é ao acaso também o fato de muitas pessoas, ao rebaterem meus argumentos sobre o ateísmo, lançarem mão de argumentos como "Como tu explicas a origem do mundo?", "Como tu achas que tal pessoa sabia o que ia acontecer?" ou ainda "Porque algumas pessoas veem espíritos ou morrem em uma situação em que os que estavam junto não sofreram nada?" (clássico de depoimentos de passageiros que se atrasaram para um voo que cai logo depois de decolar). Creio que seja uma imedida vontade de ter de saciar sua dúvida, mesmo que seja com algo a qual não possa provar.

Como crente da ciência não descarto a existência de espíritos, seres de outros mundos ou da capacidade de alguns, por exemplos, falarem com mortos. Mas defendo com unhas e dentes no que há provas, e se algum dia a existência ou a influência de um ser supremo for demonstrada por a+b, aí sim, defenderei esta teoria com o mesmo fervor, mas até lá sou ateu, com muito orgulho.

Concordo que a fé possa trazer mais esperança e fazer com que tenhamos mais estímulo para lutar para a melhoria da sociedade, mas penso que antes disso deveríamos acreditar mais no poder que nós mesmos temos, afinal só rezar não basta é preciso fazer por onde.

E assim, termino este post, com o objetivo de colocar aquela pulguinha atrás da orelha e convido todos a comentarem, para que (de uma forma sadia e respeitosa, ok!?) possamos conversar sobre este tema, porque aqui, sim, religião se discute!

Ah, desculpo-me de antemão pela extensão do post, mas foi muito difícil colocar um pensamento em palavras. Espero, pelo menos, ter-me feito entender.

quinta-feira, 12 de março de 2009

Dia Mundial do Rim

H

oje, dia 12 de março de 2009, é comemorado o Dia Mundial do Rim (
World Kidney Day). Como estudante de medicina e membro da NefroVIDA Medicina, a liga acadêmica de nefrologia da Universidade Federal de Pelotas, uso este meio de divulgação para informar que está sendo realizado hoje, das 9h às 18h no centro da cidade de Pelotas-RS, uma atividade junto à comunidade pelotense com o objetivo de monitorar a saúde da população para inserí-la no acompanhamento médico regular, com ênfase dada às doenças que mais afetam o sistema renal: diabetes e hipertensão.

As atividades envolvem a participação do grupo Lions da cidade, que tem a tarefa de aferir a glicemia dos participantes, os quais em seguida, ficam sob responsabilidade dos acadêmicos da UFPel integrantes da liga, que aferem a pressão arterial e investigam outros fatores de risco para doenças renais e cardiovasculares, como estado nutricional, hábito tabágico, idade, condição socioeconômica, entre outras. Finalmente há a orientação para que os pacientes procurem seus médicos caso seja evidenciado alguma anormalidade e, se alguma pessoa não faz acompanhamento médico, faz-se o encaminhamento à unidade ambulatorial à qual a liga está vinculada.

Lembro ainda que esta prestação de serviços é gratuita e não é necessário a pessoa ser portadora de alguma doença para ser atendida.

sábado, 7 de março de 2009

Novos selos

C

om este novo post, completo meus primeiros (assim espero!) 50 posts, em 2 meses e 1 semana com o blog no ar. Espero estar agradando, chamando a atenção para assuntos sérios e que aos quais devemos dar muita importância e conversar sobre eles, mas também a alguns tópicos mais descontraídos, afinal ninguém é de ferro. Prefiro não me estender muito em cada texto, já que não sou a maior nem a melhor fonte de informação de vocês, mas tento compartilhar minhas idéias sobre o que anda acontecendo no mundo e conto com as ideias de todos vocês para seguir nessa luta.

Abraço a todos e obrigado aos que comentam e acompanham!

Mas em primeiro lugar, tenho de agradecer ao
Gabriel, por ter me indicado três selos aos quais acabei não dedicando um post. Muito obrigado!

Agora sim! Tenho dois selos novos para compartilhar:

O primeiro é este:

Foi-me enviado pelaCaroline Mendes, que tem o excelente blog Canto do Escritor.

Regras:
1. Ao receber o selo, listar 7 coisas que te fazem sorrir
2. Indicar o selo a 7 blogs que fazem você sorrir
3. Informar aos blogs indicados que eles receberam o selo.

As 7 coisas que me fazem sorrir são:
1. Histórias interessantes
2. Conversa com amigos
3. Minha namorada
4. Meus estudos (por incrível que pareça!)
5. Boa música
6. Filmes
7. Atividade física

E o segundo é este:
Indicaçao da Ana Seerig, com o não menos importante Alguma coisa a mais pra ti ler...

Regras:
1 - Exiba a imagem do manifesto e explique do que se trata;
2 - Poste o link do blog que te indicou;
3 - Indique 10 blogs da sua preferência para fazer parte dos ' Jovens que Pensam; 4 - Avise seus indicados;
5 - Publique as regras;
6 - Confiram se os blogs indicados repassaram a imagem e as regras.

Pronto! Você já faz parte deste Manifesto!

Proposta do Manifesto: "Mostrar que aquela história 'está perdida' é uma generalização tola e sem sentido. Como a autora da proposta explicou: "Existe sim muitos jovens que pensam e tem seus ideais, que debatem, e que querem mudar o mundo. Mas querer não é suficiente. Com o blog conheci jovens brilhantes que estão perdidos por esse Brasil. Vamos nos unir e mostrar que nem tudo está perdido! Nós podemos fazer a diferença sim!"

Por comodidade e merecimento, indicarei os dois selos para os blogueiros a serguir.

7 Blogs que me fazem sorrir & que pertencem a Jovens Que Pensam:
1. http://mocadofio.blogspot.com
2. http://politicachique.blogspot.com
3. http://morenaflordejambo.blogspot.com
4. http://mersonreis.blogspot.com
5. http://viviansbrussi.blogspot.com
6. http://ataquesdefuria.blogspot.com
7. http://ideias-livrees.blogspot.com

sexta-feira, 6 de março de 2009

Opinião religiosa pra quê?

A

declaração do arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Cardoso Sobrinho, condenando o aborto induzido realizado pela equipe médica de Recife, conseguiu ser tão idiota (desculpe pelo palavreado, mas é que achei muito ridículo o caso!) que ofuscou o crime cometido.

Para quem não sabe, veio a público ontem a história de uma menina de 9 anos, que teve o abortamento liberado após ser constatada sua gravidez (15 semanas) de gêmeos, em virtude de um estupro cometido pelo próprio padastro, de nome Jaílson José da Silva, com 23 anos.

Ao ver esta matéria, no Jornal Hoje, da rede Globo, não consegui pensar em outra coisa a não ser na verdadeira inutilidade da igreja. Não quero generalizar, afinal há religiosos e religiosos (embora todos acreditem nos mesmos dogmas ultrapassados, como o não uso da camisinha).

Não que a excomunhão represente algo importante (pelo menos para mim não), mas o caso é tão bizarro que não consegui segurar o riso quando ouvi que não era a primeira vez que o médico era excomungado por fazer um aborto nestas condições. E como desgraça pouca é bobagem, o digníssimo arcebispo ainda relatou que o estuprador não pode ser excomungado, porque a excomunhão não abrange este tipo de caso (o estupro), que segundo o religioso, é menos sério que o aborto pós-estupro.

Mas o pior de tudo é esta interferência que o setor religioso tem não só nas vidas das pessoas (religiosas ou não) mas também nas decisões políticas. É inacreditável que um Estado chamado laico (ainda bem, pelo menos isso!) ainda dê importância para regras da religião, a tal ponto de muitas vezes influenciar nos seus veredictos. Então, veja como esta declaração do arcebispo foi infeliz, a ponto de nem as autoridades, muitas vezes submissas ao ensinamento religioso, "darem o braço a torcer". Afinal, até o Lula teve de se pronunciar contra a excomunhão.

E a notícia foi tão ridícula que circulou no mundo inteiro, como vocês podem ver nos links abaixo. O arcebispo, segundo o Jornal El País, chegou a recorrer a uma anedota: "Uma médica italiana manteve sua gravidez mesmo sabendo dos riscos que corria. Morreu, mas se fez santa! (...)". Só rindo mesmo!

Pelo menos o estuprador, que ainda admitiu estuprar a menina desde os 6 anos e a irmã de 14, foi preso no agreste pernambucano e indiciado por estupro qualificado.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Homens x Mulheres

S

em querer correr o risco de ser taxado de machista, mas já o sendo, achei no mínimo inusitadas estas "propagandas" da Cerveja Goldstar, de Israel. Descobri estas imagens ao ler a revista Superinteressante de março, onde havia o link da figura ao lado, com o título sobre o entendimento da diferença entre homens e mulheres. Garimpando um pouco, achei mais duas outras imagem (abaixo) no mesmo tema. Nesse tamanho eu não consigo ver nada, se tu também não, clica nas imagens para ampliá-las.

Não é de todo mentira, é? O que vocês acham?



segunda-feira, 2 de março de 2009

Adoeça se quiser

A

o receber este pensamento por e-mail, atribuído ao Dr. Drauzio Varella, achei muito interessante postá-lo aqui. Não sou o maior fã das 'auto-ajudas' recebidas por e-mail como correntes, mas esta tem um caráter diferenciado, então não pensei duas vezes antes de publicá-lo. Espero não estar sendo repetitivo, afinal na internet tu sabes: o que para um é novo, outro pode estar cansado de saber. Sem mais demora, aí vai:


Se não quiser adoecer - "Fale de seus sentimentos"

Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna.. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia..

Se não quiser adoecer - "Tome decisão"

A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

Se não quiser adoecer - "Busque soluções"

Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.

Se não quiser adoecer - "Não viva de aparências"

Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

Se não quiser adoecer - "Aceite-se"

A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

Se não quiser adoecer - "Confie"

Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.

Se não quiser adoecer - "Não viva SEMPRE triste!"

O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.

"O bom humor nos salva das mãos do doutor". Alegria é saúde e terapia.

* Como irremediável ateu não consigo não discordar da parte em que se fala de Deus, mas deixa pra lá, essa não é a hora para discussão, mas sim de reflexão.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Um dia de cada vez

S

empre desconfiei desse tal de trabalho... sabia que ficar trabalhando horas e horas não ia dar boa coisa. E taí: trabalhar demais te deixa meio lesado.


Brincadeiras a parte, é mais ou menos por aí (salvo os devidos exageros) que vai o pensamento de um grupo de cientistas que publicaram um estudo no
The American Journal of Epidemiology. Segundo eles, trabalhar mais que 55 horas por semana pode diminuir suas "habilidades mentais", quando comparado com pessoas que trabalham menos que isso.

Problemas de memória foram encontrados nos chamados trabalhadores pesados. E isso pode mostrar aos empregadores que, sem dúvida alguma, não só o rendimento dos negócios pode cair devido ao cansaço dos funcionários, como também, a longo prazo, os danos aos trabalhadores podem ser definitivos (prejudicando o alcance incansável do lucro).

Ainda não se sabe como esse dano se processa no cérebro, mas os pesquisadores afirmam que os fatores-chave podem incluir aumento nos problemas relacionados ao sono e à depressão, além de criar um estilo de vida pouco saudável e haver um aumento do risco de aparecimento de doenças cardiovasculares.

Obviamente, o trabalho em excesso está e estará muito presente em casos como o que estamos vivendo: de recessão. Afinal, o número de empregados cai, e o trabalho recai aos poucos que restaram, que muitas vezes têm de agregar tarefas que originalmente não eram suas. Isso sem falar no trabalho extra que terão de cumprir quando os empregadores perceberem que poderão se sustentar com poucos funcionários, já que dificilmente as empresas reporão o antigo número de trabalhadores quando esta e outras crises terminarem.

Segundo selo

Q

uero agradecer à minha (felizmente) leitora mais assídua, Déia, que tem o ótimo blog: Idéias Livres, que acompanho sempre.
Muito obrigado pelo selo!

Regras:
1) Exibir a imagem do selo "Seu blog é ROXIE!" e escrever essas regras abaixo dele.
2) Colocar quem te deu o selo nos seus blogs indicados (amigos).
3) Escrever 5 coisas que são ROXIE (1ª sobre música, 2ª sobre televisão e cinema, 3ª três países que gostaria de conhecer, 4ª três cores favoritas e 5ª três hobbies)
4) Indicar 10 blogs que você ache ROXIE.
5) Avise a pessoa

Respostas:
1) Música: a banda Coldplay é minha número um.
2) TV e Cinema: programas sobre notícias e saúde, e filmes de drama e suspense, são meus preferidos.
3) 3 países para conhecer: Inglaterra, Itália e Chile.
4) 3 cores favoritas: Vermelho, Branco e Azul.
5) 3 hobbies: ler, escutar música e navegar na net.

Os meus blogs indicados são:
http://outroraciocinio.blogspot.com/
http://ataquesdefuria.blogspot.com/
http://cantodoescritor.blogspot.com/
http://ga2009.blogspot.com/
http://i-arte.blogspot.com/
http://luiskauai.blogspot.com/
http://politicachique.blogspot.com/
http://viviansbrussi.blogspot.com/
http://mersonreis.blogspot.com/
http://insanoraciocinio.blogspot.com/

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

BBB pra quê?

A

o acessar um blog que acompanho (Idéias Livres), falando sobre o Big Brother Brasil... senti-me uma verdadeira lata de lixo, e vazia ainda por cima!

É claro que este programa sana muito do instinto julgador e curioso que temos, mas obviamente ele é muito mais do que um programa dito "sem conteúdo": é um programa lucrativo para quem o faz.

Não posso negar que era uma pessoa totalmente contra este tipo de programa, mas no final sempre acabo dando uma olhada... não sou telespectador assíduo do BBB, mas não sou hipócrita comigo mesmo pra não dizer que volta e meia acabo me pegando na frente da TV.

Embora eu concorde que a emissora deveria colocar programas mais instrutivos no lugar deste e tantos outros, não me considero sem conteúdo... pois pra mim, a falta de conteúdo se manifesta quando não se sabe olhar um programa destes com reservas, ou seja, quando se analisa qualquer atitude tanto dos participantes quanto dos criadores com leviandade e inocência, tomando até mesmo partido, em alguns casos. E, aliás, isto serve pra qualquer tipo de programa, inclusive os noticiários. É isto que nos faz seres pensantes: a capacidade de analisar com imparcialidade qualquer situação, antes de fazer um pré-julgamento (ou preconceito).

Por isso mesmo, penso também que se tornou uma "marca de sabedoria" (e até com um ar de superioridade) odiar estes reality shows, fazendo com que as pessoas que não acompanham se sintam mais pensantes dos ques os reles mortais que assistem o programa.

Assim, devemos ter o cuidado de não sermos pegos pela mesma armadilha que montamos, pois podemos incorrer aos erros dos quais tanto repudiamos: a ignorância e o preconceito, afinal seremos tão ignorantes e preconceituosos quanto os ditos telespectadores se só conseguirmos criticar e inferiorizar os que assistem, esquecendo de fazer (ou propor) algo mais interessante do que está sendo criticado.

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Melhor ficar de olho aberto!

S

egundo um estudo, publicado em fevereiro no
Journal of Clinical Sleep Medicine, pacientes portadores de cefaleia tensional podem desenvolver insônia ao tentar aliviar a dor de cabeça fazendo uso do sono.

Ainda não se sabe a patogênese do distúrbio de sono nestes pacientes, mas Jason C. Ong, da Rush University Medical Center Chicago e colaboradores afirmam que a insônia têm sido identificada como um fator de risco para cefaleia tensional.


A amostra deste estudo consistiu em 32 mulheres com ce
faleia tensional e 33 mulheres com dores mínimas que funcionaram como grupo controle. Os pesquisadores levantaram dados de autorrelatos em gatilhos de dor de cabeça, interferência da dor com sono, e automedicação da dor. A interferência da dor com o sono foi maior no grupo da cefaleia. Deste grupo, 81% informou que a estratégia de autotratamento mais utilizada foi tentar dormir.

Estes achados sugerem que há uma relação bidirecional entre distúrbio do sono e cefaleia em adultos jovens. Além disso, o uso frequente de sono como autotratamento para dor é compatível com a hipótese que há um fator de relacionamento entre insônia e cefaleia tensional.

Isso, sem dúvida vai contra um hábito comum: de tirar uma soneca para aliviar a dor de cabeça. Então, quem não quer tomar remédio, tenta um paninho molhado na cabeça (e ajuda!).